Esta dúvida é mais comum do que você possa imaginar, e a resposta é bem simples na verdade. Os dois são muito parecidos, mas atendem funções diferentes. Vamos começar entendendo o que é um site – ou website – e em seguida veremos que um Blog é uma variação do site e pode até mesmo fazer parte de um site, ou não. Bem, mas então qual a diferença entre Blog e Site para o Google?

Site (ou Website)

Thermas de SulinaSite significa sítio, ou lugar, e é uma abreviação para website, ou seja, um lugar (site) na internet (web). Um site pode ser acessado num endereço único chamado de domínio (ex: google.com), mas pode também estar disponível dentro de um subdiretório (ex: google.com/maps/) ou de um subdomínio (ex: mail.google.com).

Existem muitos tipos de sites: institucional, educativo, entretenimento, informativo, portais de emprego, notícias, imóveis, classificados, lojas virtuais, blogs, etc. Cada um desses tipos de site tem características próprias e atendem necessidades específicas. Vejamos alguns em destaque:

Loja VirtualLoja Virtual

Quando um site se destina a realizar vendas online, com processamento de pedidos e pagamentos, ele é considerado uma loja virtual. Um site pode conter apenas a própria Loja Virtual, como o Submarino, ou Americanas, ou então a Loja Virtual pode fazer parte do site, como por exemplo a Loja da Apple.

Portal

Portal Web Yahoo!Quando um site torna-se muito grande, com diversas seções e sistemas interligados, podemos chamá-lo de Portal, como é o caso do Terra, que é um portal de notícias, ou então do IMDb, que é um portal de informações sobre cinema, com áreas separadas para fãs e profissionais da área. O site da Apple também pode ser considerado um portal institucional, pois abrange dezenas de públicos diferentes, atendendo marketing, venda, suporte, consumidores, mídia, fornecedores e desenvolvedores.

Hospedagem

Todo site deve estar hospedado (hosted) em algum servidor conectado à internet. A hospedagem é um aluguel de espaço e tráfego dentro deste servidor que ficará trabalhando 24/7, permitindo que o site esteja disponível a qualquer momento para ser acessado de qualquer lugar do mundo. hospedagem webDentro do servidor, cada site fica armazenado em um diretório específico e o servidor faz o apontamento correto de cada domínio para seu respectivo diretório.

Esta grande rede se computadores e servidores também é chamada de Web, uma abreviação de Word Wide Web (WWW), que significa simplesmente Rede Mundial [de computadores]. Por isso se convencionou usar o prefixo www. antes do domínio para indicar que aquele é o endereço do site na Web. Isto na verdade não é uma regra, veja abaixo alguns exemplos de uso de subdomínios para indicar vários serviços dentro do mesmo endereço.

  • www.seudominio.com – site principal
  • seudominio.com – site principal (pode redirecionar para a versão com www. e vice-versa)
  • seudominio.com/contato.php – página de contato dentro do site (formato PHP)
  • projetos.seudominio.com – site secundário utilizado para gerenciamento de projetos (opcional)
  • ftp.seudominio.com – endereço de transferencia dos arquivos para publicar/editar o site
  • imap.seudominio.com – serviço de recebimento de emails pelo protocolo IMAP
  • pop.seudominio.com – serviço de recebimento de emails pelo protocolo POP
  • smtp.seudominio.com – serviço de envio de emails

Registro de Domínio

Além da hospedagem é preciso escolher um endereço único para divulgar seu website, este endereço se chama domínio. Um exemplo de domínio é 360mix.net que representa nosso endereço principal na internet. Um domínio normalmente aponta para o website, mas também pode ter outros serviços atrelados, como emails, etc.

Curiosidade: O sinal de Arroba (@) em inglês se fala “at” e significa “em” (no/na). Desta forma faz sentido pensar no email como steve.jobs (na) apple.com (RIP).

Categorias de Domínio (DPNs ou TLDs)

tld-top-level-domain

Ao registrar um domínio é importante saber em qual categoria ele será registrado, a mais comum é .com ou, no Brasil, .com.br. No entanto, as categorias de domínio existem para permitir que cada entidade (pessoa ou empresa) possa registrar seu endereço na Web de acordo com seu ramo de atividade. Desta forma é possível que existam ao mesmo tempo o site da xyz.com.br que trabalha no comércio e a xyz.adv.br que é uma empresa de advocacia. No Brasil a principal organização responsável pelo registro de domínios é a registro.br, e lá existe uma lista de categorias disponívies para registro. Você pode registrar seu domínio diretamente com seu provedor de hospedagem, caso ele ofereça este serviço.

Blog (ou Weblog)

Blog é uma abreviação para weblog, ou seja histórico/registro (log) na internet (web) e é um tipo de site que originalmente servia para registro pessoal – como um diário público – e até hoje ainda tem esta finalidade para grande parte de seus autores, pois é um modelo dinâmico e interativo. blog-profissionalAtualmente um numero crescente de empresas já perceberam o potencial de Atração Digital do Blog e utilizam esta ferramenta eficiente e barata em suas campanhas de Inbound Marketing.

Enquanto que um site institucional geralmente tem apenas informações estáticas (ex: histórico, portfolio, contatos, etc.) um blog utiliza um sistema de gerenciamento de conteúdo onde seu autor pode criar, editar e remover artigos conforme desejar. A propósito, o nome mais comum para o artigo de um blog é post. Então é correto afirmar que um Blog é feito de Posts.

Geralmente um Blog se caracteriza por três elementos distintos:

  • Frequência – O autor define a frequência em que irá publicar novos posts, que podem ser mensais, semanais ou até mesmo ter vários novos posts no mesmo dia. Não há regras, mas podemos assumir que quanto mais conteúdo tem um blog, mais tráfego ele pode gerar potencialmente.
  • Taxonomias – Funcionam como filtros/agrupadores de posts e auxiliam o visitante a encontrar assuntos relacionados, os mais comuns são Categorias e Tags (palavras-chave). As categorias normalmente são estruturas  hierárquicas, significando que podem ter sub-categorias. Já as Tags são estruturas lineares, onde todas tem o mesmo valor. Tanto as Categorias quanto as Tags podem coexistir em qualquer quantidade, tanto entre si quanto consigo mesmas, assim você pode colocar um post em várias categorias e adicionar várias tags a um mesmo post também, conforme necessário. Outra característica das tags e categorias é a metrica de sua popularidade como termômetro dos assuntos mais frequentes ou mais comentados, e isso nos leva ao próximo ponto…
  • Comentários – Uma das funções mais características do blog é a capacidade de administrar comentários em cada post. Isso significa que cada nova publicação poderá funcionar como uma conversa entre os visitante e o autor ou até mesmo entre si, independente do autor. Geralmente os comentários podem ser moderados, ou seja, o autor tem autonomia para editar ou recusar um comentário que julgue prejudicial, visando manter seu público interessado.

Então, qual a diferença entre Blog e Site?

Qual a Diferença Entre Blog e Site?Um Site tem a função de informar, de forma eficiente e atraente, dados que em geral são permanentes. Um site é indicado para empresas ou profissionais que desejam divulgar seu negócio e informar sobre seu histórico, produtos/serviços, portfolio, contatos, etc. Se você não tem esta necessidade e quer apenas compartilhar seus pensamentos sobre assuntos que te interessam, o caminho mais indicado é um Blog.

Um Blog tem a função de informar regularmente, a um público definido, sobre os assuntos de interesse do seu autor. Se o blog é bem definido e consegue manter seu público interessado, pode ter quantas categorias (assuntos) quiser. Alguns portais como o Yahoo! usam categorias para separar assuntos principais e subcategorias para segmentar o assunto principal. Várias empresas tem um site institucional e mantém um blog como canal permanente de comunicação com seus clientes, publicando dicas e notícias relevantes para seu público-alvo. Um blog alimentado com frequência é uma excelente ferramenta de relacionamento e marketing para qualquer negócio.

Em suma, um blog é um tipo de site, ou pode fazer parte de um site mais amplo. Um site pode ou não ter um blog. Um blog pode ser todo o site, ou apenas parte dele. Quando um endereço da web (domínio) contém apenas um blog este site é chamado apenas de Blog. Veja alguns exemplos abaixo para te ajudar a entender qual a diferença entre blog e site.

Sites

  • Apple – Site institucional e vitrine de produtos
  • W3Schools – Site de referência em linguages para internet

Blogs

  • Blog do iPhone – Notícias relacionadas com o telefone da Apple
  • Tableless – Artigos de vários autores sobre programação para Web

Blogs dentro de Sites

Loja Virtual

  • Submarino – Loja de departamentos com vendas 100% online, não tem loja física.
  • Mercado Livre – Classificados online, uma loja comunitária onde cada usuário é um vendedor/comprador

Loja Virtual dentro de Sites

Portal

Mas o Google faz diferença entre Site e Blog?

qual a diferenca entre blog e site para o googleNa verdade o que faz diferença para o Google, e para qualquer outro buscador (Yahoo, Bing, etc.) é uma série de características na construção do site/blog e seu conteúdo. Estas características podem ser avaliadas e melhor exploradas quando usamos corretamente as Técnicas de SEO (Search Engine Optimization), que nada mais são do que melhores práticas de Otimização para Mecanismos de Busca.

SEO é uma avaliação feita individualmente em cada página/post para verificas uma série de requisitos internos e externos ao site, como por exemplo:

  • Construção semântica do HTML – Cada parte do conteúdo deve estar dentro da tag correta;
  • Presença correta de metadados (meta tags), que só os buscadores/redes sociais reconhecem;
  • Relevância entre o conteúdo da página com as palavras que o visitante pesquisou;
  • Quantidade de palavras e equilíbrio entre texto e imagens no conteúdo;
  • Quantidade de links externos em outros sites e redes sociais direcionando para esta página.
  • Etc.

Desta forma podemos dizer que um site institucional simples geralmente tem pouco conteúdo, portanto terá menos oportunidades de ser compartilhado pelos seus visitantes. Por outro lado, um site com blog teoricamente terá mais páginas de conteúdo (posts), o que aumenta exponencialmente suas chances de ser encontrado nas buscas do Google e compartilhado por seus visitantes nas redes sociais.

Antes de definir seu site/blog, verifique se a plataforma para seu desenvolvimento atende os requisitos básicos de SEO. Na 360°Mix, usamos e recomendamos o WordPress como plataforma semântica de CSM com SEO nativo, mas existem várias alternativas disponíveis, leia mais abaixo.

Se você já tem um Site ou Blog e quer saber como anda seu posicionamento (ranking) e avaliar a construção e SEO atuais, faça uma Análise de Site Gratuita neste link.

Mas se eu preciso ter os dois, Site e Blog, como fazer?

Site ou BlogUm erro comum é acreditar que você só poder ter um ou outro, ou até mesmo que será necessário manter duas estruturas independentes. Hoje em dia é essencial para qualquer negócio ter um Blog dentro do seu Site, para manter seu público informado e os visitantes interessados em sua marca, produtos e ofertas.

Atualmente existem sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS) capazes de administrar Páginas e Posts, dentro de uma estrutura unificada. Isto permite que com um único login você possa gerenciar tanto seu Site quanto seu Blog, e ainda manter a mesma identidade visual entre as duas estruturas.

Um excelente exemplo é o WordPress, um CMS gratuito usado por milhares de pessoas e empresas ao redor do mundo, com documentação em português e uma crescente comunidade de desenvolvedores. Com o WordPress você pode criar desde Blogs pessoais, Portais de Notícias, Lojas Virtuais, Sites Educacionais e Corporativos até estruturas multisites onde o mesmo usuário pode ter papeis independentes em cada site da rede. O WordPress já vem com SEO nativo e diversos plugins (grátis e pagos) para melhorar seu posicionamento online (Inbound Marketing).

Vale também mencionar outras alternativas de CMS notáveis como o Joomla, Drupal e Magento (este especializado em e-Commerce), entre outros.

Em suma, todo endereço da internet é um site (um local). Um site pode ter várias características e funções, como educar, entreter, vender, promover a coletividade, etc. Dependendo do tamanho do site ele pode ser considerado um Portal. Um site pode ter mais de uma função simultaneamente e um Blog é uma destas funções, assim como uma loja virtual tamém é. Podemos encontrar sites com uma única função (ex: Blogs como no Blogspot, ou Loja Virtual como a Amazon), ou sites com várias funções em um único endereço, como o nosso tem: Informações Institucionais, Blog e Loja Virtual.

E agora, pra onde vou: Site ou Blog?

Cremos que neste momento você seja capaz de decider que tipo de site é melhor para sua situação:

  • Site simplesmente institucional;
  • Site institucional com Blog;
  • Apenas um Blog;
  • Se precisa de um sistema para aceitar pagamento por produtos ou serviços, considere uma Loja Virtual.
  • Se precisa de vários Blogs funcionando simultaneamente, provavelmente você terá um Portal.

Espero que estas informações possam te ajudar a escolher o melhor caminho para uma comunicação online mais eficiente com seu público, e lembre-se que estamos aqui para ajudar então, se precisar, entre em contato.

PS: Para saber mais sobre como o conteúdo do seu site pode melhorar seu posicionamento e gerar mais negóciso pra você, baixe gratuitamente este eBook sobre Inbound Marketing.